Artigos > Equipamento

2007 foi o ano de desconfiança contra a daisy chain, primeiro foi um vídeo distribuído pela Black Diamond:

Depois, uma pesquisa realizada por Mike Gibbs, guia da AMGA (Associação Americana de guias de montanha) sobre a resistência de equipamentos popularmente utilizados como solteira na escalada em rocha. Nos testes Mike simulou situações que podem facilmente acontecer em escalada com choque dinâmico utilizando pesos de 80kg (escalador) e 100kg (resgatista) com fator de queda de 0,25, 0,5, 1, 1,5 e 2, com equipamentos fabricados com spectra e nylon. E o resultado é que a daisy chain de spectra rompe com fator de queda 0,25!!! Ou seja, o equivalente a um escalador erguer-se um pouco acima da ancoragem para arrumar algo e escorregar, impactando a ancoragem. E a daisy rompeu não somente algumas argolas, mas a fita em si se rompeu!!! A daisy de nylon suportou queda de fator 1.

Na mesma mensagem onde foram divulgados estes testes, também foi citado o Purcell Prusik, que é basicamente uma solteira feita com o uso de cordelete de 6 ou 7mm e seu desenho incorpora um prusik feito sobre dois tramos de corda formando um sistema fechado. Ele não só permite o ajuste da distância do escalador até a ancoragem, mesmo sob tensão, mas possui ao menos dois filamentos de corda e também funciona como absorvedor de impacto, pois em caso de choque o prussik irá escorregar (isso ocorre com cerca de 3KN de força) dissipando energia sem prejudicar a integridade do cordelete Além de tudo, em quase todos os testes realizados o purcell prusik supurtou quedas de fator 2, com cordeletes de 6 e 7mm, e ambos prussiks feitos com duas e três voltas.

O comprimento do cordelete vai variar de acordo com sua preferência, 3,7 m é uma ótima medida para experimentar, a partir daí basta ajustar ao seu gosto pessoal. Como o cordelete de 7mm é mais resistente que o de 6mm, dê preferência ao primeiro, e utilize três voltas no prusik, pois com duas o nó corre em algumas ocasiões.

Veja abaixo o esquema para fazer seu purcell prusik:

Siga a animação abaixo para o prusik final:

Fontes: Lista de Discussão da FEMERJ
Phil Box


© 2007-2009 - Claudney Neves