Artigos > Segurança

Muitos escaladores sentem necessidade de um backup da soltera enquanto estão na parada de uma via. Nada mais justificado e recomendado. Tal prática não é muito comum por aqui, mas lá fora, em vias alpinas, onde lacas e blocos soltos são abundantes, basta um deles cair sobre uma solteira tensa para gerar um acidente. Neste caso, um backup pode fazer toda a diferença.

E não é necessário comprar e levar uma solteira a mais em toda escalada, basta usar o que vc sempre leva: mosquetão e corda.

É muito simples, após se prender no ponto central da parada, escolha entre os grampos ou móveis, o que mais te passa confiança e prenda um mosquetão nele, de preferência de rosca. Agora basta pegar a corda e dar um fiel neste mosquetão. Deixe uma pequena folga para que seu peso continue na solteira, no ponto central da ancoragem. Vendo o desenho fica mais fácil ainda de entender. Com esse backup você cria também uma redundância do mosquetão da solteira e do mosquetão mãe.

Só mais um detalhe: lembre-se que de antes de se desencordar para rapelar, conferir se sua solteira está bem presa e fechada, pois soltando o nó do encordamento o backup com o fiel é desfeito.

Se precisar de backup durante a descida, faça uma nova solteira com uma das fitas que utilizou na escalada.

Fonte:
Revista Fator 2 - Número 35 (2009)


© 2007-2009 - Claudney Neves