Artigos > Treinamento

PSICOLOGIA DO ESPORTE APLICADA À ESCALADA

Provavelmente os aspectos psicológicos estão influenciando no seu desempenho. Na escalada os fatores psicológicos que estão mais presentes são:

Atenção: um estado dirigido da percepção.

Concentração: capacidade de manter o foco em sinais relevantes.

Persistência (Motivação): insistência em caminhar em direção a um objetivo.

Estado Emocional: sistema de relações entre o sistema psíquico, fisiológico e social.

Estresse: estado de desestabilização entre os aspectos psicológicos e os aspectos fisiológicos, ou entre a pessoa e o meio ambiente.

Ansiedade: sentimentos de tensão, apreensão, nervosismo, medo e preocupação.

Auto-confiança: crença de que você pode realizar com sucesso um comportamento desejado.

Na maioria dos casos estes fatores psicológicos irão exercer uma forte influencia no desempenho de um escalador, seja de maneira positiva ou negativa. Alguns destes fatores irão influenciar positivamente, como persistência e auto confiança, e outros negativamente, como é o caso do estresse ou ansiedade.

Estes fatores psicológicos irão influenciar no desempenho de um atleta ou praticante de escalada, ou outro esporte qualquer, de uma maneira diferente. Por exemplo: para um escalador obter um bom desempenho ele pode necessitar de um estado de concentração alto, direcionando a sua atenção para o próximo lance de uma via, uma agarra "salvadora", etc. Já outro escalador pode possuir um melhor desempenho em situações de descontração, nas quais ele está conversando com o segurança sobre assuntos diversos, ou direcionando sua atenção para um outro fator irrelevante, como um pássaro.

Mas como fazer para controlar esta influencia dos fatores psicológicos no desempenho? Os atletas e equipes de alto nível possuem, na maioria das vezes, um psicólogo do esporte em sua comissão técnica. O que adianta um atleta ser o mais bem preparado fisicamente, se na hora da competição ele acaba "amarelando"? Como nem todos tem condições de contratar um psicólogo para fazer um treinamento psicológico, procure seguir algumas dicas:

1 Antes de começar a escalar uma via procure visualizar os movimentos que irá realizar durante a subida, se imaginando em cada lance e como pode superá-lo. Quando iniciar a subida, você terá uma maior probabilidade de encontrar uma solução mais rapidamente para um lance mais difícil.

2 Procure se concentrar antes de iniciar uma escalada. Como a maioria das áreas hoje em dia são freqüentadas por um grande número de pessoas, o ambiente se torna um pouco barulhento e as vezes estressante. Se concentre o máximo no que está fazendo, tentando ignorar estímulos externos, como um monte de gente falando onde você tem que colocar o pé ou a mão. Mantenha a sua atenção fixa no seu objetivo, seja a próxima agarra ou o fim da via.

3 Mesmo em momentos de maior dificuldade, procure se manter calmo e concentrado; tente por exemplo, respirar fundo duas ou três vezes, isto será suficiente para diminuir um pouco a ansiedade, reduzindo a freqüência cardíaca. Você verá que quanto mais calmo estiver mais fácil será sair de uma situação difícil.

4 Confie mais em si mesmo. Tente ter mais confiança nas suas capacidades físicas e técnicas. As vezes não é tão difícil como parece: "Mas essa via é um 8A e eu nunca escalei mais que um 7B!". Como já dizia um velho ditado: "Aprendemos mais na nossa vida com os fracassos do que com os sucessos". E isto é a mais pura verdade, se você nunca tentar uma via de 8º grau como vai saber se consegue escalá-la? Confie em si próprio e vá em frente! Afinal, que graça teria a escalada se toda vez que tentássemos uma via nova conseguíssemos encadená-la? E as "vacas", a adrenalina lá no alto e os "perrengues"? Onde estariam?

5 Procure deixar os problemas da cidade lá mesmo, onde eles foram criados. Se esforce para manter o verdadeiro espirito da escalada: a liberdade. Pode ser difícil, mas experimente esquecer daquele cheque que vai estourar a sua conta no dia seguinte, e vivencie o mais intensamente possível os momentos de contato com a rocha e com a natureza. Você perceberá que vai ser muito mais prazeroso praticar a escalada despreocupado. Depois você pensa no cheque.

Fonte: Montanhas do Rio
Por Christian Anderson N. Costa


© 2007-2009 - Claudney Neves